domingo, 22 de março de 2015

Coluna Semanal 12# - Quem Eu Gostaria de Ver na F-1 - Parte 1



Mais uma vez eu quero deixar claro que essa é a MINHA OPINIÃO. Eu gostaria também de saber a sua leitor, por isso eu peço que comente, seja aqui no blog, seja no facebook. Os pilotos que vou citar já podem ter passado pela F-1, e outros nem sequer querem passar por ela, com o caso de Nicolas Prost. Aqui vão 7 dos 22 pilotos que eu selecionei, basicamente um grid, que poderia ter na F-1, principalmente ao lado do grid atual...

Nicolas Prost: Está mostrando seu talento na F-E, e deveria ter um lugar na categoria máxima do automobilismo. O porque é que ele está deixando pilotos talentosos como Heidfeld para trás, e lidera o Campeonato. A cada corrida ele mostra que é um grande piloto, mas se fossemos ver apenas sua corrida de abertura na categoria, veriamos um Nico um pouco mais Alain, para os mais zueros... Já que ele basicamente jogou o carro em cima de Heidfeld, lembrando a manobra do pai em cima de Senna... Mas como eu disse, o piloto tem talento o bastante para entrar na F-1, e caso pegasse um carro de ponta conquistaria algum, ou alguns, títulos...


Lucas di Grassi: Mais um que está na F-E, e que eu gostaria de ver na F-1. Sua passagem, em 2010, não foi muito boa, chegando a bater na volta de apresentação (um mico e tanto). Mesmo assim, como Nico, está mostrando sua habilidade na Fórmula E, e se desse algum carro melhor para ele, como por exemplo um de ponta, ele poderia brigar bonito com Prost...


Stoffel Vandoorne: Na minha opinião pode-se tornar o primeiro belga Campeão da F-1. Isso pode até soar como exagero, mas sim, pelo que eu vi ele tem potencial para isso, e também para estar em uma equipe como McLaren, mesmo sendo de testes tem que ser bom, pena que não tenho bons exemplos disso, já que Palmer, McNish (que é bem sucedido no turismo) e outros que não deram certo na F-1, já passaram pela equipe de Woking. Mas voltando ao belga, como eu disse tem potencial para isso, e torço para isso, foi 2º na GP2 em 2014 superando Nasr, mas infelizmente não arranjou vaga, mas torço que consiga, talvez no futuro na própria McLaren, quando a Honda tiver se desenvolvida.


Robert Kubica: É difícil ver alguém que não quer a volta de Kubica ao grid da categoria. O melhor piloto polanes que já passou na F-1 venceu apenas uma prova, no Canadá em 2008, onde um ano antes ele tinha sofrido um dos seus piores acidentes. Infelizmente foi obrigado a deixar a categoria após sofrer o seu pior acidente, em uma rally. Isso foi muito triste tanto para ele quanto para a categoria, que poderia ver um título ou mais de Robert. Por isso eu torço pela sua volta, em uma equipe média, para que ele mostre que tem forças o suficiente para vencer na F-1.


Adrian Sutil: Sim, pode-se chamar de loucura da minha parte, mas eu gostaria de ve-lo novamente em um cockpit na F-1. Uma segunda chance para ele não seria uma má idéia, porque, é claro, que consegue um 8º lugar com uma Spyker é um MITO... Mas de resto, Sutil teve um ótimo ano 2010 e 2011, e merecia voltar a F-1, mesmo com a sacanagem que a Sauber fez com ele. Não acredito que seria Campeão, mas caso desse um verdadeiro grande carro para ele, acredito que não perderia essa oportunidade.


Nick Heidfeld: Nascido em Monchengladbach, Nick Heidfeld é um dos pilotos mais populares da F-E, e foi um dos melhores alemães que eu já assisti na F-1 (deixando claro que eu nasci em 2000). Tinha potencial para ser Campeão, tinha. Tem potencial para ser campeão, tem. Só não sabemos em qual equipe ele entraria, pois da última vez que ele tentou entrar a força acabou não dando certo, der Garde que o diga... Mesmo assim, quando teve a Williams em 2005, a BMW em 2006, 2007 e 2008 mostrou-se bom piloto, conquistando 10 pódios, sem contar outros 3. Como eu disse, só dar carro para ele, ele vence. E quero deixar claro, que tem que ser piloto para vencer um Campeonato, não podendo deixar um piloto com um carro inferior vencer o título por causa de situações psicológicas suas...


Vitaly Petrov: WTF? Não, eu não fiquei maluco, pode parecer uma loucura, como eu falei no tópico sobre o Sutil, mas acho que não é. Vitaly se tornou o primeiro piloto russo na F-1, a completar uma corrida, a marcar ponto e subir ao pódio. E aliás... conquistou o melhor resultado da Caterham, em 2012, em seu último GP, no Brasil, um 11º posto. Ele teve como melhor ano o de 2011, quando pegou seu melhor carro, e também um "começo de evolução" da Renault-Lotus, que mais tarde viraria Lotus, com Kimi e Romain... Dificilmente seria Campeão, mas poderia surpreender com ótimos resultados, por exemplos pódios e talvez algumas vitórias.

Semana que vem tem mais...

Quero falar mais alguma coisa, peço para que não criem "treta" nos comentários, pois como eu disse, essa é a minha opinião, e como eu disse, Petrov e Sutil dificilmente seriam Campeões, mas tem pelo menos um pingo de potencial para isso, pois um foi o primeiro russo a subir ao pódio, enquanto uma equipe estava evoluindo. E o outro conquistou ponto com a Spyker...

Imagens tiradas do Google Imagens

Um comentário:

  1. Fico com o Robert Kubica pelo o que ele já mostrou na F-1...

    abs...

    ResponderExcluir